23
Set
2020

Como driblar o aumento de preços no mercado de pão de queijo

Como driblar o aumento de preços no mercado de pão de queijo

Pois é, não teve jeito, o pão de queijo não conseguiu escapar do reajuste de preços recentes do mercado e sofreu com a situação econômica em que vivemos. Porém, esse não é o fim do mundo para você e seu negócio. Pelo menos não deveria.

Todo mundo tem acompanhado nos principais noticiários que os valores de alguns produtos aumentaram. O arroz foi o que mais ganhou destaque, chegando no total de 25,7% de janeiro a agosto deste ano no estado de São Paulo. Segundo a Apas (Associação Paulista de Supermercados) e a Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), foi a maior alta para o período desde 2008.

Já o pão de queijo também precisou ter seu valor revisto, muito por conta do preço do leite que teve um aumento expressivo de 24,23% no último mês e acumula uma alta de 27,78% durante todo o ano. Outros ingredientes também ficaram mais caros e tiveram um forte impacto, como o óleo, a farinha e a gordura.

E essas cifras podem ficar ainda mais salgadas para os nossos bolsos até o final do ano, segundo os especialistas do setor. 

Tudo isso é reflexo do momento econômico mundial que estamos vivendo, que influencia a demanda pelos produtos e afeta todos os produtores do país.

Mas aqui chegamos em um ponto importante: empresas e comércios que não repassam aumento do preço, em algum momento, terão problemas para manter as portas abertas. Variações inflacionárias, aumento de demanda, falta de matéria-prima, instabilidade política, todos esses fatores têm consequência no preço final do produto. Isso é comum no mercado e necessário para a economia continuar girando.

Sabemos que ter um preço competitivo, principalmente em um nicho tão concorrido como o de pão de queijo, é importante para ter uma vantagem em relação aos concorrentes. Centavos muitas vezes ajudam a fechar um acordo ou a perder uma venda. Porém, isso não pode ser seu único diferencial e sua única carta na manga. Seu negócio tem que ser mais forte que isso. 

Quem aqui nunca comprou um produto por influência do bom atendimento do vendedor que estava te atendendo ou simplesmente porque a marca era a mais conhecida e considerada a melhor? Comprou por saber que estava fazendo a melhor opção, mesmo que o produto tenha saído mais caro em preço, mas tinha maior valor agregado. É nisso que é necessário focar aqui: vender valor e não só o menor preço.

Mantenha um bom relacionamento e atendimento com seus clientes no dia a dia, ofereça produtos de marcas idôneas e sérias, tenha um pós-venda eficiente, dessa forma é possível reverter a questão do preço. Parcerias duradouras vem com trabalho duro, mas com certeza são as que trazem resultados melhores.

Estamos de olho no mercado e a qualquer novidade que surgir voltaremos aqui para mantê-los por dentro.

compartilhe:
Outras
Notícias
  • 19 3909-6969
    19 3865-1244
  • Av. Santana, 1045 Parque Ortolândia
    Hortolândia/SP - CEP 13184-210
Pozelli produtos alimentícios 2018 - Todos os direitos reservados